Startups_Mulheres

Onde estão as founders? Conheça algumas das startups brasileiras fundadas por mulheres e saiba como potencializar a discussão.

Bruna Diamand
Bruna Diamand
Community Manager da Brand Gym

A presença feminina no empreendedorismo é historicamente menor que a masculina, mas aos poucos esse cenário está mudando. Segundo a pesquisa Empreendedorismo Feminino no Brasil, publicada em 2019 pelo Sebrae em parceria com o GEM (Global Entrepreneurship Monitor), já existem mais de 24 milhões de mulheres empreendedoras no Brasil.

A tendência de crescimento do empreendedorismo feminino é notável quando mostramos os números: 

  • As mulheres estão à frente de 34% dos negócios atuais;
  • O Brasil é o país com a 7º colocação no ranking dos países com maior proporção de mulheres entre os empreendedores iniciais;
  • São aproximadamente 24 milhões de mulheres empreendedoras à frente de seu próprio negócio.

Por que a presença de mulheres no ecossistema empreendedor é tão relevante?

O empreendedorismo feminino está conquistando cada vez mais espaço no mundo das startups. Mas, infelizmente, ainda há uma grande diferença na proporção entre founders homens e mulheres.

Para quem já trabalha com criatividade não é nenhuma novidade saber que a diversidade amplia as possibilidades de alcançar resultados inovadores. Mulheres em posição de liderança conseguem enxergar novos problemas, oportunidades e soluções. O mundo vive um momento de transformações exponenciais, não podemos insistir nas mesmas velhas lentes de sempre.

Além disso, de acordo com uma pesquisa feita pela McKinsey & Co, empresas com maior pluralidade de gêneros entre suas equipes executivas apresentavam chances 21% maiores de serem lucrativas. Mais que uma questão de diversidade, essa também é uma questão que vai impactar positivamente os números da sua empresa.

Brand Gym, Capitã do time

Costumamos dizer que a Brand Gym é uma marca que está em campo e que faz os outros evoluírem, gostamos de evoluir juntas. Somos uma agência fundada por mulheres, com mais da metade do time sendo formado por mulheres incríveis. 

Usamos nossa experiência para construir as grandes marcas do futuro. Então, não faria sentido que a gente não percebesse que o futuro dos negócios não pode seguir o modelo tradicional. Enxergamos que a diversidade de pessoas e pluralidade de vozes faz com que possamos alcançar resultados melhores, mais criativos e inovadores, com soluções efetivas para problemas reais.

Fazer além de falar

Mas não basta acreditar nos negócios do futuro, né? Precisamos criar, apoiar e potencializar empreendimentos que têm grande poder de impacto. Por isso, criamos um banco de dados com startups e iniciativas empreendedoras incríveis, um banco colaborativo de negócios construídos por empreendedoras.

Quando perguntamos para você, no estilo bate bola, quantas founders mulheres você conhece? Essa resposta logo vai a sua mente? E quando falamos sobre founders homens? É, acho que sabemos a resposta…


Dar espaço espaço para referências femininas no empreendedorismo é uma ótima atitude para transformarmos esse cenário.

Para entendermos que mais mulheres podem ocupar esse espaço de liderança nas startups, um pequeno grande passo é ver esse movimento. Com maior visibilidade fica mais fácil entendermos que lugar de mulher é onde ela quiser. Inclusive lá no topo.

Então, que tal darmos mais visibilidade pras empreendedoras que admiramos?

Nessa planilha você poderá adicionar aquela empresa irada liderada por uma mulher que você admira, sabe? Então, sempre que alguém quiser conhecer ou recomendar negócios de empreendedoras é só acessar o nosso banco colaborativo.

Pra já dar um gostinho, nós já vamos apresentar 9 startups brasileiras fundadas por mulheres:

Nubank

A famosa empresa do cartão roxinho. O Nubank é uma fintech co-fundada pela Cristina Junqueira. É a única startup no mundo avaliada em US $10 bi que tem uma mulher como fundadora. A empresa surgiu para resolver a vida financeira das pessoas com transparência, segurança e simplicidade.

Lady Driver

O maior aplicativo de transporte feminino do mundo foi fundado pela brasileira Gabryella Corrêa. O negócio tem como principal objetivo garantir a segurança para todas as mulheres e alavancar a independência financeira das motoristas.

Gupy

A Gupy é a HRtech que vem ganhando bastante espaço no mercado. O negócio fundado por Mariana Dias e Bruna Guimarães permite que as empresas contratem de forma rápida e efetiva utilizando softwares de recrutamento e seleção, junto de uma avançada inteligência artificial.

Oya Care

A startup fundada por Stephanie Toledo defende que mergulhar em si mesma e conhecer o próprio corpo é o primeiro passo para uma vida mais livre. A empresa oferece ferramentas para as mulheres tomarem melhores decisões sobre a sua saúde, tendo como principal produto um teste descomplicado e acessível sobre fertilidade feminina.

Cheftime

A Foodtech fundada por Daniella Mello entrega kits gastronômicos com ingredientes frescos, higienizados e na medida certa para as pessoas montarem pratos deliciosos e práticos. Tudo isso com planos de assinatura flexíveis e receitas assinadas por chefs profissionais.

Conta Black

A Fintech co-fundada pela Fernanda Ribeiro é uma comunidade financeira que se propõe em resolver o desafio da desbancarização e, consequentemente, a exclusão financeira que tantas pessoas sofrem. Um detalhe interessante é que essa fintech atua tanto com clientes B2C quanto B2B.

Blend Edu

Uma startup de educação pela diversidade e inclusão nas empresas. Fundada pela Thalita Gelenske, a empresa desenvolve experiências educacionais que promovem empatia, diversidade e inclusão nas organizações.

Safespace

Fundada por Giovanna Sasso, Natalie Zarzur e Rafaela Frankenthal, a Safespace é uma plataforma tech de cultura e recursos humanos que ajuda empresas a  prevenir, comunicar e resolver problemas de comportamento no trabalho, tornando o ambiente de trabalho mais seguro e inclusivo para todas as pessoas.

Vittude

A Healthtech fundada por Tatiana Pimenta é uma plataforma que conecta psicólogos e pacientes, promovendo saúde e bem-estar com ajuda de soluções tecnológicas. Basta escolher um psicólogo no site, escolher dia e horário, efetuar o pagamento e pronto: terapia por consulta.

Essas são só algumas das empresas incríveis fundadas por mulheres. Com certeza você conhece algum negócio apaixonante criado por uma mulher. Então, que tal nos ajudar a alimentar o banco de dados e fazer com que muito mais pessoas conheçam esses negócios?

                                                                 ***

Curtiu o texto? Então nos ajude a levar nosso banco colaborativo para outras pessoas compartilhando esse conteúdo com todos que possam se interessar em conhecer e colaborar 😉

Ah, e não deixe de nos acompanhar nas redes. Sempre temos conteúdo novinho para ajudar sua startup.

*Texto escrito em conjunto com Victor Maués, redator de conteúdo da Brand Gym.

Instagram | LinkedInMedium | Comunidade | Eventos