Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Minha marca está pronta: O que eu faço primeiro?

Pense na construção da marca como uma jornada, e que a construção do projeto, o brand guide e o posicionamento são o início do caminho

Dar o pontapé no rollout de uma nova marca é semelhante a escrever um texto: ao final, qual mensagem você espera ter transmitido? Ou seja, é necessário um objetivo e uma visão bem definidos antes de apertar o play. Um projeto de branding vem acompanhado de um novo momento da empresa. Qual é ele? Isso faz parte da narrativa que todo o processo traz – pode ser um novo produto, um novo mercado, um momento de crescimento, até de consolidação. E isso deve, certamente, permear esse planejamento.

O que listo abaixo não é regra e nem a única maneira de estruturar esse desdobramento, mas serve como ponto de partida, principalmente em startups e/ou times de marketing reduzidos. 

1- Treine o time

Na Brand Gym, falamos que branding não é somente responsabilidade do marketing, por isso, coloque toda a empresa na mesma página. Explique para todos para que foi feito aquele projeto, conte etapas do desenvolvimento e, acima de tudo, mostre aplicações práticas. Nem todos precisam ser designers (nem de Canva!), mas é necessário que todos os colaboradores estejam alinhados e entendam os impactos da nova marca no dia a dia deles. Traga exemplos: aplicações em apresentações, como devem comunicar o posicionamento ao mercado e as mudanças que verão a seguir. 

2- Liste todos os pontos de contato

Sim, é bem trabalhoso, mas tenha uma planilha com todos os ativos que precisarão ser atualizados ou criados. E vá nos detalhes: bios da redes sociais, favicon do site, assinatura de emails, templates que o time usa e até aquele header de LinkedIn. Consistência é uma dos principais pilares para a construção de uma marca forte.

3- Tenha (quase) todos os materiais prontos antes de lançar

Prepare tudo com antecedência e não tenha pressa. Marque um dia “oficial” para o lançamento e faça a virada de uma única vez. Isso inclui site novo e/ou atualizado, novos posts nas redes sociais, materiais disponíveis para o time e até os brindes e materiais físicos – caderninhos, copos, camisetas… 

Mas tudo bem se algo escapar – acontece -, o importante é que os principais pontos de contato com os clientes e demais stakeholders estejam atualizados e prontos.

4- Comunique as mudanças

A mudança ou lançamento é um momento de comemorar! Avise os leads/clientes/investidores via email marketing e redes sociais, crie uma estratégia de PR e monte uma campanha institucional. Mas, mais importante que marca, o que esse momento significa para a startup? Explique a jornada, conte a narrativa e amarre tudo isso com os objetivos estratégicos do negócio. É hora de contar para o mundo o posicionamento da marca e aquilo que a empresa acredita e representa.

5- Sustente 

Crie a “polícia” da marca, como já falamos, manter consistência e comunicar marca não é responsabilidade do marketing. Vale acompanhar a criação de novos materiais, ver se os elementos estão aplicados corretamente, se os conteúdos refletem o tom de voz e posicionamento…

Na Brand Gym acreditamos que marcas são arquivos abertos e evoluem. O importante é funcionar para o momento da empresa ou startup, e isso pode significar, inclusive, abandonar algumas características ou acrescentar novos elementos. O branding bem fundamentado, acompanha o crescimento da empresa.

Dúvidas que branding ajuda a resolver:

O cliente não entende para que serve o produto

Um posicionamento claro, com boas escolhas de palavras e SIMPLES conectam melhor com as dores.

Se o seu produto não existisse, o que ocuparia o lugar?

Pense o job to be done e a arena competitiva. Onde você teria mais vantagem? Ou existe algum campo ainda não coberto? Sua oportunidade pode estar ali!

Como você comunica seus diferenciais?

Você sabe muito bem o que faz de diferente, mas fica claro para os clientes? Marca ajuda a transparecer isso, com mensagens consistentes, canais de comunicação alinhados e aquele CTA (call to action) esperto!

Quais mensagens eu posso usar?

O trabalho de branding inclui criar mensagens chave e tom de voz, que ajudam a ter mais coerência nos pontos de contato e canais.

Brand lovers existem?

Sim! E eles são um canal incrível.

Curtiu o tema? Quer criar uma marca forte? Venha bater um papo com a gente. Investir em branding desde o dia 1 é investir em um negócio mais estratégico e com mais conexão com os seus consumidores. 

A Brand Gym é a primeira agência especializada em startups e marcas tech. Vem ver nosso trabalho e dar uma olhadinha nos cases que já criamos.

PAPO COM COMERCIAL
SÓ CHAMAR QUE A GENTE VAI

Qual é o seu desafio? Conta pra gente! Nosso time comercial está esperando seu email, respondemos no mesmo dia (útil).

BRAND NEWS

Uma carta de amor ao branding quinzenalmente na sua caixa de email. Curadoria do melhor conteúdo feito pelo time Brand Gym e por outros produtos de conteúdo incríveis. VEM!

Ok
bgebge

Quer crescer com a gente?

Conte para o nosso time seu desafio e vamos voar juntos. Aqui, trabalhamos com superpoderes de crescimento. Então entre contato que nosso o comercial já está te esperando, respondemos no mesmo dia útil.