Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Brandbook: O que é e 5 exemplos escolhidos a dedo pra te inspirar

O brandbook, também conhecido como manual de marca, é uma importante ferramenta do processo de branding, pois funciona como um guia que possui todas as orientações da estratégia da marca. Ter um brandbook é fundamental, nele está a descrição das diretrizes da empresa para que todas as áreas e pontos de contato possam manter a identidade da marca, tanto verbal quanto visual.

Por isso, é tão importante que todas as pessoas do seu time tenham acesso a esse material. Branding não pode ficar na mão só do time de marketing, é preciso estar presente em toda a empresa.

O que é necessário para ter um bom brandbook?

Quando se fala de brandbook, o pensamento automático das pessoas é que no brandbook estão apenas incluídos os elementos de design. Mas um bom guia da marca não é só sobre especificações técnicas de como aplicar sua logo, é sobre sua estratégia de marca.

Considere que o brandbook é a bíblia da empresa. É o material principal para ser consultado e garantir uma identidade padronizada e alinhada de acordo com as expectativas. Exatamente por isso que ele deve ser acessível, todos devem ter conhecimento sobre o manual de marca, essa é a melhor forma de construir uma identidade consistente para sua startup.

Outro detalhe importante é que o brandbook é um guia de boas práticas, não um livro de regras rígidas. Até porque marcas são sistemas vivos que estão em constante evolução.

O brandbook não pode prender, ele deve ser um guia do espírito da marca, com sua proposta, valores e características principais. Tem que ser um guia que fala do porquê de cada elemento que a gente construiu e mostrar várias aplicações para a vida real, sem a necessidade de regrar tudo.

Robson Fernandez, designer e ilustrador da Brand Gym

Para ter um brandbook de grande qualidade é preciso que ele inclua: narrativa, conceito, estratégia, posicionamento, território verbal, território visual e muitos exemplos de aplicação. Caso você queira se aprofundar nesses aspectos para criar o seu guia de marca, pode ler o nosso texto O que é branding.

5 exemplos de brandbooks incríveis para você se inspirar

Quando a gente começou a escrever esse post sobre brandbooks, fiz um exercício aqui com o time da Brand Gym. Perguntei para o pessoal quais eram os brandbooks mais bacanas e inspiradores que eles conheciam. 

Chegou uma lista muito legal de brandbooks, que também ficou registrada na nossa Comunidade de Branding para Startups (ainda não faz parte? Se inscreva aqui). 

Selecionamos 5 deles (+1 extra) aqui:

Starbucks

A Starbucks é uma empresa que se destaca muito devido ao seu brand equity, conseguindo aumentar a percepção de valor do cliente sob um produto somente por ter sua marca explicitada.

Isso é resultado de um branding muito bem construído, pautado num brandbook acessível, claro, visual e com várias especificidades da marca. Passando por: logo, cor, voz, tipografia, ilustração e fotografia

Ele começa falando sobre a teoria da marca.  Mas um super diferencial desse brandbook está na descrição de como a marca se expressa em diferentes canais e diferentes momentos:

  • expressão geral
  • mobile
  • na loja
  • e-mail
  • redes sociais 
Brandbook digital da marca Starbucks.

Uber 

A Uber é uma empresa de transporte que possui um guia de marca ótimo para gerar inspiração e insights. Hoje a Uber tornou-se líder do mercado e pode-se dizer que isso tem muito a ver com a sua comunicação assertiva e do seu padrão de qualidade nos pontos de contato.

Como nada acontece por acaso, o guia de marca da empresa tem uma ótima qualidade, sendo muito completo, envolvendo aspectos como: logo, tom de voz, iconografia, ilustrações, fotografias, tipografia, cores e etc.

O destaque nesse brandbook está no tom de voz da marca, tendo informações completas, claras e com muitos exemplos de aplicação. Muito bem feito!

Brandbook digital da marca Uber.

Twitch

Um brandbook muito divertido é o da Twitch, empresa de streaming que tem foco em videogames. O mais interessante e diferencial no brandbook da Twitch está no storytelling que foi construído para navegação do leitor. Esse brandbook preza muito pela interação, tendo até minigames em sua composição. Vale a pena conferir para se inspirar ou admirar.

Brandbook digital da marca Twitch.

Cisco

Cisco é a líder mundial em TI e redes, a empresa investiu em um brandbook mais curto e objetivo, mas tão inspiracional e claro quanto os outros citados. O interessante é que o manual de marca da Cisco passa por tópicos diferentes, como: promessa, visão, estratégia, logotipo, tipografia, cores e áudio.

O diferencial desse brandbook está em sua forma de navegação e objetividade. Tudo muito claro e acessível.

Seu brandbook tem um “Brand Checklist” muito completo que pode ser usado pelos times na hora de colocar a mão na massa.

Brandbook digital da marca Cisco.

IBM

Esse é um brandbook super completo e bem detalhado, tem uma navegação intuitiva e interativa. Tudo com bastantes dicas de aplicação e uma organização que transparece a filosofia da empresa.

Brandbook digital da marca IBM

Miro (extra)

Esse aqui pode até não ser um brandbook mas é ótimo porque conta toda a história do rebranding com uma narrativa leve, divertida e inspiradora, além de ter uma navegação super intuitiva.

O brandbook é uma ferramenta fundamental para construção de uma marca de sucesso, imagine a satisfação do seu cliente ao perceber que a sua startup tem uma identidade forte com um padrão de qualidade alto em todos os pontos de contato. 

O manual de marca, assim como o branding, é muito mais que a especificação de uma identidade visual, trata-se da construção de toda a estratégia do seu negócio. Essa estratégia pode ser o diferencial para transformar sua startup em uma love brand.

***

Curtiu o texto? Aproveite essa indicação pra ficar super inspirado e criar o seu brandbook, caso precise de ajuda, pode contar com a gente!

Dica extra: como medir branding depois de fazer seu brandbook?

Como falei lá em cima, o brandbook não deve ser um livro de regras rígidas. Exatamente por isso, ele pode se moldar à medida que a empresa cresce e as estratégias ganham novos sentidos. Mas como saber os caminhos que sua força de marca ganha sem uma bússola que te aponte que direção seguir? 

Por isso, a Brand Gym desenvolveu o Purple Metrics, um widget que você instala no seu site e ele mede frequentemente a força da marca perguntando aos usuários sobre 5 pontos importantes: amor, relevância, identificação e elasticidade. O software gera um dashboard com as avaliações e sugere planos de ação para que os 5 pontos sejam melhorados.

PAPO COM COMERCIAL
SÓ CHAMAR QUE A GENTE VAI

Qual é o seu desafio? Conta pra gente! Nosso time comercial está esperando seu email, respondemos no mesmo dia (útil).

BRAND NEWS

Uma carta de amor ao branding quinzenalmente na sua caixa de email. Curadoria do melhor conteúdo feito pelo time Brand Gym e por outros produtos de conteúdo incríveis. VEM!

Ok
bgebge

Quer crescer com a gente?

Conte para o nosso time seu desafio e vamos voar juntos. Aqui, trabalhamos com superpoderes de crescimento. Então entre contato que nosso o comercial já está te esperando, respondemos no mesmo dia útil.